O DESAMPARO DO AMOR

Osho

Minha irmã está morrendo. Ela estava sempre presente para mim sempre quando eu precisava de alguma coisa; agora quando ela necessita de mim me sinto totalmente desamparado.

Quando você ama alguém você se sente totalmente desamparado. Essa é a agonia do amor: a pessoa não pode sentir o que pode fazer. Você quer fazer tudo, você quer dar todo o universo para a amante ou para o amado, mas o que você pode fazer? Se você acha que pode fazer isso ou aquilo você ainda não está num relacionamento amoroso. O amor é muito impotente, totalmente desamparado, e essa impotência é a beleza porque nesse desamparo você fica rendido.

Receba nossos informativos




 

Área dos alunos